Central Data Catalog

Citation Information

Type Thesis or Dissertation
Title Estratégias de desenvolvimento sustentável para as regiões secas do sul de Angola: Bacia do rio Curoca
Author(s)
Publication (Day/Month/Year) 2017
URL https://ria.ua.pt/bitstream/10773/18338/1/Estratégias de Desenvolvimento Sustentável para as​Regiões Secas do sul de Angola - Bacia Hidrográfica .pdf
Abstract
O desenvolvimento sustentável é actualmente visto como o caminho
adequado que pode garantir de forma equilibrada, a coexistência do
crescimento económico e o desenvolvimento humano. O sudoeste
angolano, uma das mais importantes regiões agropecuária e
piscatória de Angola, enfrenta graves problemas socioeconómicos e
de sustentabilidade, principalmente nas suas comunidades
localizadas nas áreas rurais. A insegurança alimentar, a fome, a
baixa instrução, a ausência de oportunidades de desenvolvimento, a
falta de estratégias de adaptação às constantes e recorrentes secas
e a situação de pobreza extrema são alguns aspectos que
caracterizam essas comunidades rurais. Este conjunto de
características de fragilidade nas regiões secas do sul de Angola,
principalmente para a área de Arcos, quanto ao seu enquadramento
cultural e à sua exposição às variações/mudanças climáticas e
ambientais, direccionou este trabalho para a definição de estratégias
de desenvolvimento sustentável e de mitigação dos impactos das
alterações globais que permitam a construção de uma vida melhor.
As estratégias e acções de intervenção necessárias propostas para
tornar essas comunidades sustentáveis são de dois tipos:
intervenção directa nas comunidades e potenciação dos produtos
turísticos da região, concretizáveis com a combinação de sinergias
como i) a acção das instituições formais de direito para conceber e
ou acolher projectos viáveis de sustentabilidade, ii) aplicação de
disposições legais e políticos disponíveis para promover
comunidades sustentáveis, e iii) o incentivo ao espírito de iniciativas
das próprias comunidades locais na busca de formas e mecanismos
de adaptação às adversidades impostas pelo meio.

Related studies

»